Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

​Vereadores acompanham lançamento do Programa Municipal de Proteção e Conservação de Fontes

O Programa Municipal de Proteção e Conservação de Fontes, lançado pela Prefeitura de Pato Branco na tarde desta terça-feira, dia 13, na comunidade Passo da Ilha, tem o objetivo de auxiliar na preservação de nascentes. Vereadores da Câmara Municipal de Pato Branco acompanharam o lançamento do programa, que atenderá na sua primeira etapa 40 propriedades rurais do Município.O prefeito Augustinho Zucchi (PDT) ressaltou que a educação ambiental dos agricultores, priorizando a preservação da água, é uma iniciativa que refletirá no futuro das novas gerações. “O interior tem que ter as mesmas condições de quem reside no meio urbano. Este é um programa grandioso, ao protegermos a nossa água, estamos valorizando os nossos agricultores, que plantam e produzem pelo desenvolvimento do Município”, salientou.O presidente da Câmara Municipal de Pato Branco, vereador Valmir Tasca (DEM), lembrou que no ano de 2006, quando foi presidente da Associação das Câmaras Municipais do Sudoeste do Paraná (Acamsop/M’14), conduziu o projeto Adote Uma Nascente, que contou com a inscrição de 359 nascentes de todos os 15 município da região.“Foram premiadas as três melhores nascentes de cada município. Contamos com a ajuda do Nelson Bertani, que foi o fiscal e acompanhou o trabalho de preservação das fontes de água. É claro que o suporte que hoje os produtores estão ganhando é muito maior, mas aquele projeto foi um passo importante para que já naquela época os agricultores tivessem a vontade de fazer a proteção das nascentes”, disse Tasca.Ainda em 2006, o presidente propôs em conjunto com os então vereadores Aldir Vendruscolo e Bertani, o projeto que deu origem a Lei nº 2.698/2006, que Institui o Programa Municipal de Proteção de Fontes de Água em propriedades rurais. “A preservação de nascentes é um trabalho muito importante e parabenizo o Executivo e todos os envolvidos pela realização desse projeto”, finalizou.Além da intervenção junto a fonte, na instalação do sistema composto por caixa d’água de 1000 litros, os agricultores também receberão um clorador, que garante a dosagem adequada de cloro na água. As propriedades também recebem medidas de controle à erosão, com o plantio de árvores nativas e isolamento da área da bacia hidrográfica com arame farpado.**Realização**O Programa Municipal de Proteção e Conservação de Fontes é desenvolvido pelas secretarias de Meio Ambiente e Agricultura, em parceria com o Conselho Municipal de Meio Ambiente, Emater/PR e Vigilância em Saúde. Após a intervenção, as ações continuam, em que os agricultores recebem assistência técnica e acompanhamento do Município, para garantir a eficácia do programa.