Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Bodanese sugere mudanças no Estar, mas com um amplo estudo técnico e debate

Cinco projetos de lei foram aprovados nesta quarta-feira (2), na sessão plenária da Câmara Municipal. O projeto, que passou em última discussão, é de autoria do Executivo. Com a aprovação, os vereadores autorizam o prefeito Augustinho Zucchi (PDT) abrir Crédito Especial para alterar valor de programa do (PPA), alterar valor na (LDO) e suplementa por anulação valor de Categoria Econômica na (LOA) exercício de 2014 na Secretaria Municipal de Assistência Social no valor de R$ 35 mil. O recurso é destinado à melhoria na Casa Abrigo Esperança. Os demais projetos, aprovados em primeira discussão.A convite do vereador Gilson Feitosa, do PT, participou da sessão do Legislativo, o empresário  Rui Bodanese. Ele falou sobre os objetivos, finalidades e metas que sustentaram na época a implantação do Estacionamento Rotativo Controlado. Atualmente, Estacionamento Regulamentado (Estar).**Memória**Em 2004, a empresa de consultoria de  sua propriedade realizou  um diagnóstico que gerou  informações, dados pertinentes ao funcionamento do Estar. Estratifica em três modalidades: clientes e moradores de Pato Branco, proprietários de lojas, clientes dos municípios vizinhos e coletando opiniões. Foi analisado um universo de 17.000 veículos, uma amostra de 180 entrevistados.Há dez anos, a pesquisa apontou que, a capacidade instalada de Pato Branco era acima de 100.000 habitantes. Na cidade, os visitantes {44%} faziam compras e usufruíam da prestação de serviços, {41%} saúde e {8%} passeio.   Na época da pesquisa, o município registrava uma frota de 20.000 veículos. Outro dado, os veículos  que ocupavam as vagas {70%} eram de pessoas que trabalhavam nas proximidades, ou clientes de lojas nas imediações e, ainda, 86% das pessoas costumavam sair de casa para fazer compras de carro. Bodanese disse que a cidade é um shopping ao céu aberto. O Estar nasceu para organizar e disponibilizar o maior número de vagas.  O agente seria o facilitador. Questiona-se hoje: “Como o agente foi treinado? Por quem foi treinado? Com  que missão foi treinado? O Estar tem a finalidade de arrecadar ou facilitar?Finalmente, ele afirmou que qualquer de decisão, pela visão do marketing, dever ser determinada por um estudo profundo da vocação da cidade. Para ele, é premente revisar os pontos fracos, fortes e as ameaças e oportunidades que o Estar apresenta no momento. “Precedem as alterações um amplo debate com a sociedade civil organizada”, salientou o empresário.