Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Câmara devolve mais de R$ 3 milhões ao Município

A Câmara Municipal de Pato Branco devolveu, na manhã desta quinta-feira, 21, no gabinete do Prefeito Augustinho Zucchi, em ato oficial, o valor de R$ 3.075.837,29. O valor é referente a sobra do repasse que é feito ao Legislativo pelo Executivo. O dinheiro devolvido representa mais de 40% do orçamento de R$ 7 milhões da Câmara em 2017. O ato foi conduzido pelo presidente da Câmara, vereador Carlinho Antonio Polazzo (PROS). O valor é o maior já devolvido pela Câmara.

Fruto da economia gerada pelo Legislativo, já que o ano foi de austeridade e contenção de gastos, Polazzo pontuou que o montante representa uma iniciativa responsável do Legislativo. “A devolução de recursos é um compromisso visando à aplicação dos mesmos em iniciativas que possam beneficiar a população”.

Polazzo lembrou ainda que a Câmara este ano, sob sua presidência, buscou conter gastos. “Temos um dos legislativos mais enxutos do Paraná. Realizamos uma administração responsável, zerando gastos com publicidade, por exemplo, e segurando investimentos na estrutura física da Câmara”, afirmou.

O prefeito Augustinho Zucchi explicou que o valor será utilizado para o empenho de obras e para a folha de pagamento dos servidores municipais. “Nossa intenção é garantir a continuidade dos projetos atualmente desenvolvidos. A intenção da administração municipal é também fazer a antecipação dos salários dos funcionários para que este dinheiro já seja utilizado no comércio local nas compras do final de ano”.

Ele ainda agradeceu o trabalho desempenhado pelo Legislativo ao longo de 2017. “Foi um ano em que a arrecadação diminuiu, mas que, mesmo assim, tivemos muitas conquistas para Pato Branco e isso se deve a uma boa gestão de ambos os poderes aliada ao planejamento e ao compromisso que temos com a nossa população”, ressaltou.

A devolução dos mais de R$ 3 milhões foi acompanhada por servidores do Município, secretários e pelos vereadores Joecir Bernardi (SD), Rodrigo Correia (PSC), Ronalce Moacir Dalchiavan (PP), Marinês Gerhardt (PSDB), Vilmar Maccari (PDT) e Biruba – Claudemir Zanco – (PDT).