Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Rodrigo

Câmara homenageia família Chioquetta

Nascido em 26 de julho de 1929, Arnildo Chioquetta tem uma história rica de trabalho árduo e honesto. Durante muitos anos residiu na comunidade de Independência, onde produziu a subsistência para sua família e participou de forma direta do desenvolvimento do município de Pato Branco.

Na Sessão Ordinária da última segunda-feira, 25, a Câmara Municipal reconheceu todo esse esforço e trabalho. Em segunda votação e discussão, o Legislativo aprovou o Projeto de Lei nº 130/2017 de autoria do vereador Vilmar Maccari (PDT) que denominou Arnildo Chioquetta como via pública do município.

Para o vereador Maccari, a homenagem é um momento muito especial. “É muito gratificante quando temos a oportunidade de reconhecermos de forma pública, pioneiros que contribuíram para o desenvolvimento do município. O seu Arnildo era uma pessoa do bem, sempre alegre, que adorava cultivar um bom chimarrão. Tive o prazer de conviver com ele”.

A Sessão foi acompanhada pela família Chioquetta. Neta, Fernanda Chioquetta lembrou que o avô sempre foi um homem trabalhador e que fez questão de passar os ensinamentos da vida para os netos. “Sempre buscou pautar sua conduta pela igualdade e pelo amor ao próximo”, pontuou.

Arnildo Chioquetta – Nascido em Lagoa Vermelha (RS), Arnildo teve 03 filhos, 06 netos e 02 bisnetas. Homem religioso, foi muitas vezes o amparo para muitas pessoas. Foi pioneiro, desbravador, tendo participado de todos os momentos políticos da cidade de Pato Branco. De conversa fácil, era detentor de muitas histórias. Costumada chamar as pessoas de “camada” em referência ao termo “camarada”, o qual não conseguia pronunciar. Faleceu aos 85 anos no dia 25 de maio de 2015, em Pato Branco.