Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Contratação de quatro profissionais viabilizaria a permanência da CFR em PB

Sem estrutura adequada, a Casa Familiar Rural de Pato Branco caminha para o encerramento de suas atividades. Mais uma vez, o coordenador da CFR, Diogo Elias Tartaro, participou da sessão do Legislativo e disse que o corte de recursos ameaça a continuidade da instituição de ensino.Durante a sua fala, ele apresentou um resumo das atividades realizadas pela instituição. O número alunos que frequentava a CFR, por exemplo, em 2014, era de 48. Neste ano, o número de jovens passou para 30, mas cinco foram transferidos, três reprovados e 23 aprovados. Outros 23 jovens não conseguiram confirmar a matrícula por conta da abertura de novas vagas.A manutenção das atividades da instituição requer um investimento anual de aproximadamente R$ 150 mil. O Estado garante somente os professores, estando faltando dois técnicos de nível superior, ou seja, engenheiro agrônomo ou veterinário, monitor noturno e uma cozinheira.Para ampliar a participação dos municípios no pagamento do custo operacional, conforme Diogo, está se buscando alternativas. A ideia é garantir investimentos através de um consórcio local ou envolvendo todos os municípios da região. O município de Pato Branco mantém parceria com a instituição e repassa recursos via instituto de subvenção social. Já a contratação de profissionais não existe expectativa, pois estaria impedido por força da legislação. ***Posições*** O vereador Raffael Cantu (PC do B) disse que estava indignado com a situação, inclusive, comentou que não pretendia falar a respeito da Casa Familiar, pois já havia falado, mas acrescentou “espero que o nosso prefeito Augustinho Zucchi tenha no mínimo um pouco de vergonha na cara”, alguém que tem uma propriedade rural, é engenheiro agrônomo, alguém que estudou em universidade pública no mínimo deve ter bom senso e dar o suporte necessário para garantir o funcionamento da instituição. O líder do PDT, vereador Vilmar Maccari, refutou a fala de Cantu. O pedetista disse que, na verdade, não pretendia se pronunciar. É impressionante a falta de conhecimento do vereador Raffael Cantu com relação à Casa Familiar. O coordenador da instituição afirmou que somente Pato Branco está mantendo parceria, o Município investe no transporte, no pagamento do consumo de água, entre outros itens. “Vossa excelência não pode chegar aqui e falar que o prefeito é incompetente, que não tem visão de futuro”, ressaltou o líder do PDT.