Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Educadora pato-branquense é homenageada na sessão da Câmara de Vereadores

A professora Neri França Fornari Bocchese recebeu na sessão do Legislativo realizada na última quarta-feira (24), moção de aplauso, de autoria do vereador William Machado (PMDB), pelas inúmeras contribuições prestadas na área da educação. A proposição também foi subscrita pelos demais vereadores, que apoiaram a iniciativa do vereador. Atualmente, a professora integra o quadro de docentes da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), campus de Pato Branco. “Foi uma alegria muito grande, pois nunca imaginava que receberia uma homenagem”, comentou a professora Neri, ao lembrar que está lutando, trabalhando há mais de 45 anos, “uma vida dentro de uma sala de aula”, somente no Colégio Estatual Agostinho Pereira, ela conta que trabalhou 26 anos. “Eu digo que os meus filhos foram gestados ali, só não nasceram na sala de aula. É uma história de vida, uma história pessoal junto coma a história da educação”, disse a professora.Ela enalteceu o trabalho do vereador que, em sua opinião, é o político autentico, a gente sabe o que ele faz, quem ele é, os demais que têm um cargo maior estão distantes, a gente só ouve falar, mas os vereadores, inclusive, alguns a gente viu nascer e hoje estão aqui como vereador.**Tribuna Livre:**Durante o seu pronunciamento, a professora citou que a primeira Câmara de Vereadores na América foi instalada no Brasil, na Villa de São Vicente, ainda em 1532. As Villas, como o ato Régio, legislavam, executavam e também exerciam o poder judiciário. Eram escolhidos entre os Homens-bons. Os não nobres, os mais notáveis, os mais idôneos. O vereador deve ter uma postura correta, sem desvios, no atuar do seu mandato, atenção aos eleitores, nos pleitos coletivos, nos individuais, dedicação ao trabalho legislativo. Fiscalizar tanto o legislativo como o executivo. Uma missão nem sempre muito fácil. Um pouco semelhante a uma sala de aula. Onde o Professor, muitas vezes precisa explanar sobre um assunto em que os alunos pensam não ser relevante.Ao concluir a sua fala, ela explicou que ser um professor, já não é tão difícil, pois o ato de ensinar acompanha a essência da humanidade de cada Ser. Já foi dado aos homens ainda no Paraíso. “Orgulho do título me ofertado com carinho pelos senhores, pois quando comecei a lecionar alguns ainda não tinha nem nascido”. Termino pedindo ao Criador, o Educador por Excelência, que inunde essa casa da sabedoria.