Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Executivo Municipal prevê superávit anual superior a R$ 11 milhões

Hoje, 26, o governo municipal fez a prestação de contas referente ao 2º quadrimestre de 2013, durante audiência pública realizada no plenário da Câmara Municipal. A audiência é em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000). Presentes, o prefeito Augustinho Zucchi (PDT), vice-prefeito, Ivo Polo (PSDB), secretários municipais, vereadores e representantes da sociedade civil organizada.A prestação de contas e o cumprimento das metas ficais foram apresentas à Comissão de Orçamento e Finanças, presidida pelo vereador Vilmar Maccari (PDT). Efetuou apresentação o secretário municipal de Administração e Finanças, Vanderlei Crestani.No quadrimestre a execução orçamentária registrou uma receita de R$ 60.119.458,30. A despesa somou no quadrimestre o valor de R$ 72.154.789,50. A diferença entre receita e despesa gerou um déficit de R$ 12.035.331,20.  Segundo o secretário Crestani, o 2º quadrimestre na administração pública registra uma receita menor, isso é histórico, na comparação com o 1º quadrimestre.A queda se deve, salienta o secretário, a redução dos valores que são transferidos pela União e pelo Estado, por exemplo, do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), ICMS e IPVA. Para ele, é preciso levar em conta o período em que o município estava sob a égide de moratória, pois o desembolsos, pagamentos, se processaram  no  2º quadrimestre.Em relação ao quadrimestre anterior, conforme os dados, houve um aumento de valores com a folha de pagamento de  R$ 4 milhões. O secretário justificou que a elevação se deve a contração de funcionários para a saúde (105), educação (professores para educação infantil), de servidores para o setor administrativo e,ainda, a contratação de estagiários, para o  contraturno do Tempo Integral que era feito através de pessoal terceirizado, porém, nesse momento é feito por estagiários.O prefeito Zucchi disse que a projeção anual das contas públicas é de um superávit superior a R$ 11 milhões, salientando que, o trabalho é feito com extremo rigor, justamente, para terminar o ano com equilíbrio orçamentário. Em curto prazo estão previstos investimentos na área de infraestrutura, asfalto, escolas, unidades de saúde e em educação.