Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Falta de informações à Câmara de Pato Branco gera inquérito civil, diz vereador

O Ministério Público de Pato Branco abriu inquérito civil para apurar eventual ato de improbidade administrativa praticada pelo prefeito Augustinho Zucchi (PDT) e pela diretora do Departamento de Programas e Metas, em virtude de descumprimento à Lei de Acesso a Informação.O procedimento considera o contido na representação formulada pelo Presidente do Legislativo, de que o Executivo deixou de atender duas solicitações, requerimentos, da Câmara Municipal para fornecimento de documentos referentes à execução de contrato com empresa de assessoria e estatística. Em resposta a um requerimento, de autoria do vereador Raffael Cantu (PC do B), o Executivo afirmou que “os resultados das pesquisas, os dados não seriam disponibilizados ao Poder Legislativo, porque as informações seriam utilizadas pelas secretarias”. Novamente, o pedido foi refeito, Cantu e Gilson Feitosa (PT) alertaram que o procedimento estava errado, os dados deveriam ser fornecidos, eles foram pagos com dinheiro público, a resposta foi à mesma. “Isso é um desrespeito à Lei de Acesso a Informação, a Lei Federal, um desrespeito à população que paga seus impostos”, disse Cantu.