Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Falta de planejamento prejudica o trânsito em Pato Branco, afirma Pozza

O projeto de lei que proíbe o uso de radar móvel em vias públicas de Pato Branco foi o tema do pronunciamento do vereador Marco Pozza (PSD). O vereador usou o espaço do grande expediente e explicou os motivos da apresentação o projeto, de sua autoria e do vereador Rodrigo Correia (PSC).Pozza disse que o projeto é uma visão diferente de promover a discussão, a discussão que não é pessoal. O trânsito fluente e com o registro de poucos acidentes não está ligado ao uso de radares e, citou, por exemplo, a cidade de Curitiba que tem praticamente um radar em cada esquina, mas o índice de acidentes é elevado. O vereador apresentou dados referentes às demandas apresentadas pelo Legislativo, as quais contribuem para melhorar a mobilidade urbana. Neste ano mais de 60 requerimentos, remetidos diretamente ao Departamento Municipal de Trânsito (Depatran). Sem contar com outros requerimentos aprovados pelas legislaturas anterior e atual. A grande maioria das demandas não foi atendida.Para o vereador, antecede a utilização de radar, a restruturação, por exemplo, do Estacionamento Regulamentado, o Estar, que está um caos, existe uma carência de agentes de trânsito. A culpa não é dos agentes, mas de inexistência de planejamento, o número de servidores é diminuto para atuar na área de abrangência do Estar. “É preciso organizar a estrutura existente e depois usar ferramentas de controle de velocidade”, ressaltou Pozza, ao questionar o projeto de abertura de crédito enviado à Câmara pelo Executivo para adquirir um radar móvel.