Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Falta de quorum inviabiliza votação de orçamento

A sessão extraordinária da última quarta-feira, quando iriam ser votados três projetos que tratam da LDO, PPA, e previsão orçamentária para 2007, foi suspensa. Os vereadores de oposição, Cilmar Pastorello (PL), Márcia Kozelinski (PPS), Guilherme Silverio (PMDB), Marco Pozza (PMDB) e Volmir Sabbi (PT), não comparecerem a sessão, que sem os cinco vereadores não teve quorum para a votação dos projetos.O presidente da câmara, vereador Laurindo Cesa (PSDB), abriu a sessão com a presença dos vereadores Aldir Vendruscolo (PFL), Valmir Tasca (PFL), Osmar Braun (PV) e Nelson Bertani (PDT). Na seqüência, o presidente suspendeu a sessão por 15 minutos, conforme o parágrafo único do Art. 79 do Regimento Interno, para esperar a chegada dos demais vereadores. Passado o tempo regimental, Cesa declarou a sessão prejudicada por falta de quorum.Segundo os vereadores de oposição, a decisão de faltar à sessão é um protesto contra a falta de respeito do prefeito Roberto Viganó (PDT) com o Legislativo. Como exemplo disso, eles citaram o ato de protesto dos estagiários ocorrido na última sessão ordinária, realizada nesta segunda-feira, que para eles foi incitado para pressionar os vereadores de oposição na votação da suplementação. Porém, a vereadora Márcia Kozelinski, relatora do projeto na Comissão de Orçamentos e Finanças, havia dado parecer favorável a matéria, que seria aprovada por unanimidade.