Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Legislativo aprova prestação de contas do ex-prefeito Viganó

Foram aprovadas em Plenário, na sessão de segunda-feira (15), na Câmara Municipal, as contas do ex-prefeito Roberto Viganó (PDT), relativas aos exercícios financeiros de 2009 e 2011. Votaram contra, os vereadores Raffael Cantu (PC do B) e Gilson Feitosa (PT). Eles argumentaram que o corpo técnico do Tribunal de Contas reprovou as contas, mas na votação em plenário, os conselheiros aprovaram com ressalvas as prestações. Cantu foi relator da prestação de contas de 2009, e exarou parecer pela reprovação. Os vereadores Vilmar Maccari (PDT) e Ito Oliveira (PV), membros da Comissão de Orçamentos e Finanças (COF), discordaram do parecer do relator, o que gerou um segundo parecer, que embasou o projeto de resolução, o qual foi aprovado. Ambos justificaram que não houve desvio de dinheiro público, por exemplo, que à época, o Município não estava dando à destinação correta ao lixo, não possuía um aterro sanitário.Balanço: A partir de segunda-feira, as sessões são extraordinárias, pois está em vigor o recesso parlamentar. O presidente da Casa, Valmir Tasca (DEM), apresentou durante a sessão um resumo das atividades realizadas entre janeiro e 15 julho. Os vereadores apreciaram 157 projetos de lei, 120 de autoria do Executivo e 37 de autoria de vereadores. Foram realizadas 45 sessões ordinárias e 14 extraordinárias. Aprovados 662 requerimentos, concedidas 13 moções de aplauso e, ainda, audiências públicas. Recentemente, o Legislativo devolveu ao Executivo R$ 1 milhão. Parte do recurso será utilizado para adquirir um ônibus para atender a demanda do setor esportivo. “Iniciamos o recesso, porém somente no papel”, afirmou o presidente, destacando que deu entrada no Legislativo novos projetos de lei, de autoria do Executivo, os quais devem ser votados em sessões extraordinárias. Um dos projetos, conforme o presidente, autoriza o Executivo a contrair empréstimo junto à Agência de Fomento do Paraná, no valor de R$ 8 milhões. O recurso será usado para pavimentação de ruas e construção de unidades de saúde. A Comissão de Representação, constituída na segunda-feira (15), tem a missão de exarar os pareceres aos projetos que serão discutidos e votados no período de recesso, de 15 dias. A comissão tem na presidência o vereador Valmir Tasca (DEM), membros Vilmar Maccari (PDT), Guilherme Silverio (PMDB), Enio Ruaro (PR), Laurindo Cesa (PSDB) e Claudemir Zanco, Biruba (PSD).