Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Ubiracy José Tesserolli

Legislativo aproxima representantes do Executivo e dos garis

A alteração de horários de trabalho dos garis [jornada de trabalho], que efetuam a coleta de lixo orgânico gerou descontentamento entre os  profissionais, bem como, o acumulado de lixo  em bairros no final de semana. Diante da demanda dos profissionais, o vereador Rodrigo Correia (PSC) promoveu encontro entre os representantes dos trabalhadores e do Poder Executivo.  O requerimento também foi assinado pelos vereadores Claudemir Zanco, Biruba (PDT),  Fabrício Preis de Mello (PSD) e Marco Pozza (PSD)

Segundo o vereador Rodrigo, o objetivo do debate  foi o de aproximar o gestor municipal e os representantes dos garis, para que eles (garis) apresentassem uma planilha de horários de coleta do lixo.  Um novo encontro está agendado para quarta-feira (13), às 16h, no gabinete do prefeito.

De acordo com a portaria, que definiu a jornada de trabalho, de servidores lotados na Secretaria de Meio Ambiente, a equipe da manhã começa o trabalho às 7h, saída 11h, entrada às 11h15 e saída às 13h15.

A equipe tarde, conforme a portaria, entra às 14 h, com saída  às 18h, entrada às 18h15 e saída às 20h15. Já a equipe da noite inicia a coleta do lixo orgânico às 15h40, saída prevista para as 19h40, entrada 19h55 e saída às 21h55.  “Sempre se levando em consideração o período de descanso, a legislação vigente”

Atualmente, conforme os dados apresentados pelo Executivo trabalham na coleta de lixo orgânico 52 servidores.  O investimento com hora-extra é de aproximadamente R$ 34 mil. A proposta que gerou polêmica reduz as horas-extras, bem como, obriga o servidor a usufruir do período de descanso.

Presentes

Carlos Lopes, secretário Executivo; Djalma Giacomoni – diretor do Departamento de Limpeza e  representantes do Departamento de Recursos Humanos, ainda, participaram do encontro a maioria dos vereadores.