Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Legislativo mantém veto a projeto de iniciativa do líder do PT

Na última sessão ordinária, os vereadores aprovaram 13 projetos de lei. Entre os projetos, que denominam vias públicas de Aneri Florindo Baggio, Angelina Lira Dalmagro, Thereza Roa Marina Baggio, Regina Cagnini Peloso, Navilho Arsego e Oswaldo Catusso.Também se processou a votação do veto integral ao projeto de lei, de autoria do vereador Gilson Feitosa (PT), que dispõe sobre os pontos de desembarque do transporte coletivo urbano. Oito votos {vereadores} pela manutenção. Votaram pela rejeição do veto, os vereadores Gilson Feitosa (PT), Laurindo Cesa (PSDB) e Rafael Cantu (PC do B).A iniciativa visava assegurar aos usuários do transporte coletivo urbano, bancos, cobertura nos pontos de embarque e desembarque, calçamento e vedação nas laterais de todos os pontos de ônibus existentes. No veto, o Executivo justifica que tecnicamente a proposição é inviável. Além disso, o projeto para licitação que visa à troca dos pontos de ônibus já foi iniciado, de moto que se trata de medida administrativa que não depende de lei especifica, uma vez que o projeto escolhido pelo Executivo contempla as solicitações constantes na lei.***Reconhecimento***De autoria do vereador Raffael Cantu, PC do B, o Legislativo entregou a moção de aplauso ao grupo idealizador e organizador do evento Domingo no Parque, a Confraria Cultural. Ela é composta por jornalistas, publicitários, artistas e entusiastas, sedentos por atividades culturais. No ano de 2011, o grupo dos amigos Aline Schenato Sabadini, Andressa Moraes, Laiane Carniel, Leonardo Handa, Luis Manuel Bohn, Nelson Junior, Rodrigo Mello Campos, Tamara Kenia Alff, Taynara Poliana e Vanderley Godoy, cansados da falta de eventos culturais no município, tomaram frente e se propuseram a realizar um evento que oferecesse oportunidade para que artistas amadores locais pudessem apresentar seus trabalhos, com público para assisti-los. A ideia era que o evento ocorresse em local aberto, com livre visitação e ao mesmo tempo estimulasse o interesse e uso de espaços públicos pela população. Segundo Nelson, um dos organizadores, eles decidiram fazer o evento também por acreditar que a sociedade civil deve participar da promoção da cidadania, e não apenas que o poder público realize as coisas, acreditam que deva ser uma parceria, entre as pessoas, entidades como o Sesc e os poderes públicos de várias instâncias. E assim nasceu o projeto “Domingo no Parque”. A primeira e a segunda {edição} , realizadas no ano de 2011, aconteceram no Centro Regional de Eventos. Em 2012, devido a projetos pessoais dos membros da Confraria, o Domingo no Parque não foi realizado. No ano de 2013, devido a um problema com agenda do Centro Regional de Eventos, o evento foi transferido para o parque Cecília Cardoso, onde acontece desde então. O IV Domingo no Parque aconteceu no dia 23 de novembro, e contou com a presença de mais de 2.500 pessoas, das mais variadas faixas etárias, que puderam prestigiar oficinas como crochê, tear, tye-die, malabares, bambu (bioconstrução e instrumentos musicais) e filtro dos sonhos, apresentações do grupo Ciranda Cósmica, capoeira, Rock Duo, Ózkazan.