Marco Antonio Augusto Pozza (PSD)

Pato Branco, PR °min °max
Marco Antonio Augusto Pozza (PSD)

Eleito(a) por: 1130 votos
Partido: Partido Social Democrático
e-mail: maapozza@hotmail.com
Telefone: (46) 3272-1522

psd

Últimos requerimentos apresentados:

  • [21/06/2017] 12. Do vereador Marco Antonio Augusto Pozza – PSD, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado a Secretaria Municipal de Administração e Finanças, informando que devido a não complementação por parte do Executivo Municipal (justificada através do atraso das informações necessárias prestadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná) dos anexos dos projetos do Plano Plurianual e da Lei de Diretrizes Orçamentárias no tempo hábil, a Audiência Pública que seria realizada no dia 20 de junho de 2017 foi cancelada e remarcada para o dia 03 de julho de 2017, às 18 horas, na Câmara Municipal de Pato Branco. Assim solicita-se a presença de um responsável da Secretaria para apresentar as devidas informações. Requerendo ainda, que os demais anexos contidos dos projetos sejam entregues anteriormente a esta data, bem como sejam as ações secundárias quantizadas, conforme modelo de planilha.
  • [21/06/2017] 13. Do vereador Marco Antonio Augusto Pozza – PSD, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado a Associação Comercial e Empresarial de Pato Branco (ACEPB), reiterando solicitação de informação a respeito dos aproximadamente R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) a serem arrecadados pela Associação a título de repasse para as obras do Aeródromo Juvenal Cardoso. Ainda, informar quem foram os doadores, quanto já foi doado, e de que forma os recursos foram transferidos para o município, e se pago a terceiros, quais foram e quanto receberam.
  • [21/06/2017] 14. Do vereador Marco Antonio Augusto Pozza – PSD, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja convocada audiência pública para discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2018 e Plano Plurianual, a ser realizada nesta Casa de Leis, no dia 03 de julho de 2017, às 18 horas, inadiavelmente. Para tanto, solicita também, conceder ampla divulgação através dos meios oficiais desta Casa de Leis, dos órgãos do Poder Executivo, bem como as entidades afins representativas da população do Município de Pato Branco/PR.

Últimas indicações apresentadas:

  • [14/06/2017] 2. Dos vereadores Carlinho Antonio Polazzo – PROS, Fabricio Preis de Mello – PSD, Januário Koslinski – PSDB, Joecir Bernardi – SD, Marco Antonio Augusto Pozza – PSD e Rodrigo José Correia – PSC, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado ao Executivo Municipal, indicando ao mesmo para que analise a possibilidade de enviar a esta Casa de Leis Mensagem visando a alteração da Lei nº 3.494, de 15 de dezembro de 2010, que institui o Conselho Municipal em Defesa do Idoso, notadamente nos seus arts. 10 a 20, no que concerne ao Fundo Municipal dos Direitos do Idoso – FMDI.
  • [22/05/2017] 1. Do vereador Marco Antonio Augusto Pozza – PSD, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado ao Prefeito Municipal, Augustinho Zucchi, encaminhando cópia do memorial histórico do Aeródromo Juvenal Cardoso, por testemunho de Alberto Pozza, indicando ao mesmo para que verifique a possibilidade de realizar homenagem aos percursores das atividades do Aeródromo nesta fase de reestruturação.
  • [08/03/2017] 1. Dos vereadores Carlinho Antonio Polazzo – PROS, Claudemir Zanco – PDT, Fabricio Preis de Mello – PSD, Joecir Bernardi – SD, José Gilson Feitosa da Silva – PT, Marco Antonio Augusto Pozza – PSD, Marines Boff Gerhardt – PSDB, Moacir Gregolin – PMDB, Rodrigo José Correia – PSC, Ronalce Moacir Dalchiavan – PP e Vilmar Maccari – PDT, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado ao Executivo Municipal, indicando para que a municipalidade implante cronograma de trabalho noturno a agentes de trânsito, visando a realização de fiscalização e trânsito, incluindo a questão do som alto em veículos na via pública, atendendo normativas do Contran, onde tal conduta passou a ser tipificada como infração de trânsito, estando portanto sujeita às atribuições do Depatran. Tal proposição surgiu de sugestão da população que participaram da audiência pública realizada na Câmara Municipal de Vereadores, com o objetivo de discutir a poluição sonora e a perturbação do sossego público. A fiscalização no período noturno por parte do Depatran se tornou uma necessidade após a entrada em vigor da normativa em outubro de 2016, considerando que o maior índice de ocorrências desta natureza é no período noturno, razão pela qual sugerimos que seja implantado um cronograma em determinados dias com o número necessário de agentes.