Ronalce Moacir Dalchiavan (PP)

Pato Branco, PR °min °max
Ronalce Moacir Dalchiavan (PP)

Eleito(a) por: 1826 votos
Partido: Partido Progressista
e-mail: rhsupereconomico@hotmail.com
Telefone: (046) 98803-5948

pp

Últimos requerimentos apresentados:

  • [21/06/2017] 20. Do vereador Ronalce Moacir Dalchiavan – PP, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado ao Executivo Municipal, solicitando para que através do departamento competente, providencie recapeamento asfáltico na Rua Adriano Zanella, no loteamento Zanella, Bairro Alvorada.
  • [21/06/2017] 22. Dos vereadores Marco Antonio Augusto Pozza – PSD, Rodrigo José Correia – PSD e Ronalce Moacir Dalchiavan – PP, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado ao Hemonúcleo de Pato Branco, solicitando informar a respeito da mudança de horário das coletas sanguíneas, explicando qual o motivo da alteração do horário, que anteriormente funcionava até as 20 horas, e agora somente até as 16h45min.
  • [21/06/2017] 23. Dos vereadores Fabricio Preis de Mello – PSD, Ronalce Moacir Dalchiavan – PP e Vilmar Maccari – PDT, membros da Comissão de Políticas Públicas, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado a União de Moradores de Bairros de Pato Branco, através da presidente Marilene Debastiani Colla, solicitando que analise e encaminhe parecer sobre o Projeto de Lei n° 44/2017, de autoria do vereador Moacir Gregolin – PMDB, que dispõe sobre liberação das dependências esportivas das Escolas da Rede Municipal de Ensino nos finais de semana às entidades sociais e comunitárias e dá outras providências.

Últimas indicações apresentadas:

  • [17/05/2017] 1. Do vereador Ronalce Moacir Dalchiavan – PP, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado ao Executivo Municipal, indicando para que altere a redação de todos os artigos que se referem à capacidade de carga dos caminhões, substituindo a mesma pelo Peso Bruto Total. Atualmente, todo o Decreto Regulamentar nº 5.161/2007, quando se refere ao uso do Estacionamento Rotativo pelos caminhões, tem como parâmetro a sua capacidade de carga. Sabendo que a capacidade de carga refere-se apenas ao peso máximo da carga que o caminhão pode carregar, seria muito mais conveniente para o fiscalizador controlar o Peso Bruto Total do respectivo caminhão, que diz respeito ao peso máximo que o veículo pode transmitir ao pavimento, constituído da soma da Tara (peso do próprio veículo, incluindo combustível, ferramentas, acessórios, etc.) mais a sua carga. Diante deste fato, indica ao Executivo para que altere a redação dos artigos que tem como referência a capacidade de carga dos caminhões, passando a observar o seu Peso Bruto Total, facilitando assim o trabalho dos agentes fiscalizadores do Departamento Municipal de Trânsito de Pato Branco – Depatran e possibilitando um maior cumprimento da lei.
  • [08/03/2017] 1. Dos vereadores Carlinho Antonio Polazzo – PROS, Claudemir Zanco – PDT, Fabricio Preis de Mello – PSD, Joecir Bernardi – SD, José Gilson Feitosa da Silva – PT, Marco Antonio Augusto Pozza – PSD, Marines Boff Gerhardt – PSDB, Moacir Gregolin – PMDB, Rodrigo José Correia – PSC, Ronalce Moacir Dalchiavan – PP e Vilmar Maccari – PDT, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado ao Executivo Municipal, indicando para que a municipalidade implante cronograma de trabalho noturno a agentes de trânsito, visando a realização de fiscalização e trânsito, incluindo a questão do som alto em veículos na via pública, atendendo normativas do Contran, onde tal conduta passou a ser tipificada como infração de trânsito, estando portanto sujeita às atribuições do Depatran. Tal proposição surgiu de sugestão da população que participaram da audiência pública realizada na Câmara Municipal de Vereadores, com o objetivo de discutir a poluição sonora e a perturbação do sossego público. A fiscalização no período noturno por parte do Depatran se tornou uma necessidade após a entrada em vigor da normativa em outubro de 2016, considerando que o maior índice de ocorrências desta natureza é no período noturno, razão pela qual sugerimos que seja implantado um cronograma em determinados dias com o número necessário de agentes.