Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Líder do PC do B fala sobre os 50 anos do regimente militar no país

Na segunda-feira (31) o golpe militar de 1964 completou  50 anos. Diversos  eventos lembraram a data em todo o país.  Na  Câmara Municipal, o vereador e líder do PC do B, Raffael Cantu, usou o espaço do grande expediente para homenagear o sistema democrático.Na sua fala, ele lembrou  o golpe militar e ressaltou  a democracia. O golpe foi  um momento sangrento da história e que jamais deve ser esquecido, justamente para compreender o processo democrático, que na democracia pode se construir uma sociedade melhor.Para ele, o aniversário dos 50 anos é um aniversário sem graça, pois a ditatura tirou qualquer graça que poderia existir no país. “É um  aniversário que não deve ser comemorado, mas tido como um momento de reflexão”, opinou Cantu.O vereador   enalteceu que o debate deve ser trazido à Casa de Leis, pois, ele  enquanto jovem, advindo dos movimentos estudantis tem a obrigação de falar, de apresentar a mensagem, quando resgatou o passado e, citou o PC do B, partido que o regimente {a ditadura}, tinha como o seu maior inimigo, levando à comunidade inverdades relacionadas ao comunismo.  Na época,  o regimente transferia ao povo que a ditadura comunista pretendia tomar conta do Brasil.