Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Ubiracy José Tesserolli

Parlamentares conheceram estrutura da Escola Municipal São Cristóvão

Em visita institucional nesta semana, na última terça-feira, 29, os vereadores conheceram a estrutura física e funcional da Escola Municipal São Cristóvão. A Escola atende atualmente 280 alunos e conta com 35 servidores. Além de conhecerem a estrutura organizacional do local, os parlamentares caminharam pelas salas e falaram com os alunos, que pediram um parquinho.

Em conversa com os servidores, falaram sobre o Plano de Cargos e Salários dos professores e debateram sobre o RPPS – Regime Próprio de Previdência Social do Município de Pato Branco, que tramita na Câmara e prevê a cobertura e garantia da aposentadoria e auxílios tanto para o servidor como para o seu dependente. Identificaram a necessidade de mais profissionais para a área da limpeza da Escola.

Na cozinha, conversaram com as servidoras. Extremamente quente, o local foge das condições ideais. Em alguns banheiros, foi apontada a urgência de reformas. Acompanhados da diretora da Escola, professora Arleide Baratto, os vereadores ouviram outros pedidos.

“Uma das grandes necessidades é a colocação de telas ao redor da escola. Isso porque acabam entrando gatos e cachorros no espaço escolar, e muitas vezes não se tem o controle do contato desses animais com as crianças. Precisamos também que seja colocada a sinalização em frente à escola”, contou a diretora.

De acordo com os vereadores, os problemas identificados serão apresentados ao Executivo, primeiramente, por meio de requerimentos. “Vamos solicitar que sejam resolvidos alguns problemas, como a cobertura da lavanderia. Assim como o Executivo, estamos trabalhando para oferecer às crianças e servidores melhores condições”, pontuaram.

Após o término das visitas, os parlamentares farão um relatório com as necessidades de cada espaço escolar. Além disso, com a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e com o PPA (Plano Plurianual), que estabelece prioridades de investimentos para os próximos anos, os vereadores, por meio de emendas, querem destinar mais recursos financeiros para investimentos em escolas e creches.