Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Presidente conclama a comunidade empresarial para viabilizar linha aérea

Depois de alguns anos sem o benefício, a cidade de Pato Branco contará com uma linha aérea regional diária. Na quarta-feira à tarde, diretores da NHT Linhas Aéreas, que tem sede em Porto Alegre (RS), se reuniram com representantes do setor público e empresarial.O diretor de planejamento da empresa, Jeffrey Kerr, disse que o objetivo da reunião foi para estreitar as relações entre a NHT e a comunidade, para viabilizar a operação da linha aérea. Ele explicou que entregou uma proposta às lideranças, ela condiciona a garantia de no mínimo seis passageiros embarcando e desembarcando diariamente. “Com essa lotação, adianta o diretor da empresa, a linha torna-se viável. Do contrário fica inviabilizada”, afirmou. Na verdade, justificou o empresário, seria uma compra antecipada de bilhetes e pelo período de quatro meses. Após o período, ele acredita que a linha estará consolidada, pois, o maior objetivo é recriar o habito das pessoas usarem o serviço aéreo, por isso, a compra antecipada.A proposta a princípio foi aceita pelas lideranças e, conforme Jeffrey, ele percebe que existe uma mobilização muito grande das lideranças e da comunidade. Em relação aos horários de pousos e decolagens, a empresa ainda está efetuando estudos, mas deverá começar a operar dentro de 30 ou 60 dias, a linha diária Pato Branco-Curitiba e conexão com qualquer lugar do país. A conexão é através da TAM. A aeronave é um bimotor e com 19 lugares. O valor médio do bilhete, da passagem, deverá ser de R$ 300,00.“O Poder público fez a sua parte”, salientou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Júlio Lattmann, que promoveu a remodelação do Aeródromo Professor Juvenal Cardoso, para atender as normas exigidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Agora, a ser ver, é preciso o compromisso da comunidade empresarial de Pato Branco e da região, para garantir a sua sustentabilidade do benefício.“Acredito que estamos bem próximos de contar com uma linha aérea”, comentou o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Pato Branco (Acepb), Francisco Gava, acrescentando que, a sociedade civil organizada está unida e atuando em pareceria com o Poder Público para ligar à cidade ao mundo. “Não se admite nos dias atuais, que a cidade não possua uma linha aérea regional”, comentou o representante dos empresários.O Legislativo exerceu papel preponderante no processo de remodelação do aeródromo, pois, ressaltou o presidente Biruba, os vereadores aprovaram a liberação de recursos, autorizam o investimento. Definida essa etapa, observa o vereador, a cidade tem a possibilidade de contar com uma linha aérea diária. “Chegou à vez da força empresarial. A força política já fez a sua parte”, ressaltou o presidente.