Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Proebem quer saber o número de cães e gatos existentes no município

O projeto de lei (81/2010) que institui o Programa Municipal de Proteção e Bem Estar Animal (Proebem) foi tema de uma reunião na segunda-feira (11), na sede do Legislativo, e contou com a presença de vereadores, representantes de entidades governamentais e não governamentais. Durante a reunião, as lideranças ampliaram o debate entorno do projeto e decidiram que, a primeira medida a ser tomada é o cadastramento dos animais, priorizando os animais em situação de abandono. O trabalho envolverá além das entidades, a Prefeitura Municipal através do setor de Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Meio Ambiente.Para vice-presidente da Sociedade de Proteção aos Animais, Tatiana Trevisan, é fundamental um levantamento do número de cães e gatos existentes no município e englobando o cadastramento de criadores de animais, pois, quando o animal for comercializado deverá possuir uma identificação. Assim, observa Tatiana, é possível fazer o acompanhamento, por exemplo, quem é o dono, tipo de animal, e se a vacina está em dia. “A castração e a posse responsável”, são imprescindíveis, afirma Tatiana, os animais não podem estar nas ruas, mas, tudo começa, a seu ver, com o cadastramento dos animais. Uma das medidas para evitar o aumento da população canina é a castração, porém, o procedimento deve ser feito em clinicas especializadas e com o devido acompanhamento depois o processo. O primeiro encaminhamento é, segundo o vereador Biruba, saber qual é o órgão do município que vai ser responsável pelo cadastramento dos animais, salientando que a população não terá nenhum custo. “Precisamos saber qual é o número de animais”, ressalta o vereador, justificando o cadastramento, justamente, porque o município não tem dados. Após ter conhecimento sobre o número de animais, conforme Biruba, as entidades saberão qual é o custo do procedimento de uma castração, porém, o custo é para quem tem condições financeiras.O projeto, de autoria dos vereadores Claudemir Zanco, o Biruba (PSD) e William Machado (PMDB), além do vereador Luiz Augusto Silva, o Guto Silva (PSD), que está licenciado, pautou a audiência pública realizada recentemente no plenário da Câmara Municipal e com a presença da sociedade civil organizada. A matéria propõem, também, a criação do Conselho de Proteção e Direitos dos Animais e um Centro de Vigilância Animal.