Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Projeto pretende garantir qualidade de vida do não fumante em locais públicos

O vereador Osmar Braun Sobrinho (PR) falou na sessão desta quarta-feira na, da Câmara Municipal de Pato Branco, sobre o Projeto de Lei nº 150/2009, de sua autoria, que proíbe o fumo em ambientes fechados e de uso coletivo. Segundo o vereador, a iniciativa surgiu de uma lei recentemente criada no município de São Paulo (SP) com o mesmo objetivo. “A população não pode ser obrigada a fumar passivamente o cigarro do vizinho, estando propensa a doenças provocadas pelo fumo”, argumentou. Braun destacou que o projeto não é contra o fumante. Apenas quer garantir a saúde daqueles que não fumam.De acordo com o vereador, a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o tabagismo como uma pandemia, pois mata anualmente mais de 3 milhões de pessoas no mundo, mais que a soma das mortes por Aids, cocaína, álcool, suicídios e acidentes de trânsito. Se medidas efetivas de controle do tabagismo não forem tomadas, em 2020, esse número chegará a 10 milhões de mortes, sendo 70% delas em países em desenvolvimento.O Brasil é o segundo produtor mundial de tabaco, sendo 90% da produção proveniente da região sul. O governo arrecada R$ 1,00 com a venda do tabaco e gasta R$ 1,60 com o tratamento das doenças tabaco-relacionadas.IndicativosOs dados revelam que 20 % dos adultos é fumante, 90% dos fumantes ficam dependentes da nicotina entre os 5 e 19 anos. As doenças associadas ao uso do cigarro, conforme a OMS, angina e infarto (25%), bronquite e enfisema (85%), câncer (30%) e derrame cerebral ( 25%).O tabagismo é diretamente responsável por 30% das mortes por câncer, 90% das mortes por câncer de pulmão, 25% das mortes por doença coronariana, 85% das mortes por doença pulmonar obstrutiva crônica e 25% das mortes por doença cerebrovascular. Outras doenças estão relacionadas ao uso do cigarro, aneurisma arterial, trombose vascular, úlcera gástrica, infecções respiratórias, impotência sexual no homem, parto prematuro, recém-nascido de baixo peso e abortos. A ação das substâncias do cigarro ocorre não só sobre o fumante, mas também no não fumante exposto à poluição ambiental causada pelo cigarro.