Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Secretário Antidrogas de Cascavel explica trabalho desenvolvido aos vereadores

O secretário municipal Antidrogas de Cascavel, Eugênio Rozetti Filho, esteve ontem (28) a tarde reunido com os vereadores da Câmara Municipal de Pato Branco, na sala de reuniões do Legislativo. O secretário explicou aos vereadores sobre o processo de criação da Secretaria Municipal Antidrogas (no ano de 2010), sobre o trabalho realizado e os resultados obtidos até o momento.Em setembro deste ano, o vereador Geraldo Edel de Oliveira, o Ito Oliveira (PV), foi até Cascavel para conversar com o secretário Eugênio e conhecer o trabalho da secretaria, com objetivo de buscar informações e sugerir ao Executivo a criação desta secretaria em Pato Branco. Aproveitando compromissos na região, o secretário reservou um espaço, a convite do vereador Ito, para conversar com os demais vereadores de Pato Branco.Para o secretário, o assunto tráfico e consumo de drogas não pode ficar fora da pauta de um administrador público. “Temos dados de que 90% dos homicídios que acontecem em qualquer cidade do país estão ligado diretamente ao tráfico ou consumo de drogas. Outro dado indica que 75% dos casos de separação com brigas e acidentes de trânsito estão ligados ao alcoolismo. O crack, por exemplo, está presente em 99% dos município do Brasil. Então, não tem mais como você administrar um município sem combater esse problema”, afirmou.Rozetti explicou que o trabalho em Cascavel começou com o fortalecimento dos conselhos. “Depois desse trabalho com os conselhos, que têm suas limitações, o nosso prefeito, Edgar Bueno, se sensibilizou com o problema e resolveu criar uma secretaria, que tem mais autonomia. Desde o início do trabalho até o momento já atendemos mais de 1800 famílias e conseguimos verbas aderindo a programas do governo federal”, relatou o secretário.“A ideia é unir os vereadores para que possamos pensar uma estrutura para a secretaria e levar essa proposta ao Executivo. Dessa forma, ele poderá fazer um estudo para a implantação da secretaria e mandar o projeto para aprovação da Câmara”, disse o vereador Ito Oliveira, que espera a criação da secretaria em 2014.