Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Segurança apresenta reivindicação em audiência pública no Legislativo

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de Pato Branco para o exercício financeiro de 2013 foi discutida na audiência pública promovida pela Comissão de Orçamento e Finanças, presidida pelo vereador Guilherme Silverio (PMDB). A LDO tem receita estimada para o próximo ano no valor de R$ 176.455.000,00.Além de representantes da sociedade civil organizada, de secretários municipais, a audiência contou com a presença de vereadores e do comando do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM). O tenente coronel Everon Cesar Puchitti Ferreira entregou à Comissão de Orçamento e Finanças, documento que propõe a disponibilidade de recursos dentro do orçamento municipal, para compra de câmeras de monitoramento. A central de monitoramento é uma ferramenta indispensável nas operações de segurança, na prevenção de crimes conta o patrimônio público, além de formar um banco de dados que no futuro torna-se peça fundamental nas diversas esferas de Justiça. Segundo comandante, a nova ferramenta é um pedido de todos os órgãos de segurança de Pato Branco, acrescentando que a polícia precisa para desenvolver o seu trabalho, de tecnologia, e o sistema de monitoramento de imagens propicia aos órgãos de segurança um controle efetivo dos eventos que estão acontecendo nas ruas da cidade. “O controle melhora a segurança de todos”, assegura o comandante.O vereador Valmir Tasca (DEM) que já havia tratado, discutido o assunto durante uma reunião com o comandante do Batalhão de Polícia Militar, ficou responsável pela elaboração da emenda ao orçamento, que prevê recursos para o futuro prefeito adquirir ou não os equipamentos. O presidente da Comissão de Orçamento e Finanças, vereador Silverio, reafirmou que na previsão orçamentária do município estará constando um determinado valor para que o pleito da segurança possa vir a ser atendido. “Normalmente é o Poder Público que procura a segurança para sugerir melhorias, mas, agora, a própria polícia esteve no Legislativo, na audiência, quando apresentou a reivindicação”, salientou Silverio.