Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Sindicalista entrega pauta única de reivindicações de servidores no Legislativo

O documento com mais de 30 páginas é resultado de uma discussão que envolveu lideranças de diversos municípios da região Sudoeste. A pauta única de reivindicações, integrada por itens que correspondem aos direitos e anseios dos trabalhadores públicos municipais, traduz, segundo o presidente do Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos da Prefeitura de Pato Branco, Nelcio Renato Alves Ferreira, a necessidade do reconhecimento e valorização dos servidores.O sindicalista usou a Tribuna Livre na sessão da Câmara Municipal, ocasião em que comentou o conteúdo da pauta única, e em seguida efetuou entrega do documento ao presidente do Legislativo, Valmir Tasca (DEM).O documento propõe ações que alteram e, muito o conceito atual, ressalta o sindicalista, citando, por exemplo, a mudança da data base do funcionalismo {para janeiro}, o fim da contratação de serviço terceirizado, a igualdade entre celetista e estatutário, concurso público, adicional de insalubridade e pagamento de incentivo financeiro adicional  para os Agentes Comunitários de Saúde.Além disso, ressalta Ferreira, a pauta única reivindica a aprovação de plano de recuperação das perdas salariais, revisão geral dos planos de cargos, salários, implantação de um plano de formação continuada, visando a qualificação e aperfeiçoamento dos servidores públicos,  e a criação do Fundo Próprio de Previdência.  Sobre o fundo, o sindicalista antecipou que, o prefeito Augustinho Zucchi (PDT) fez referência positiva, que é necessário a sua criação. **Educação**Com a adesão de professores da rede municipal ao sindicato, a entidade propõe avanços para a categoria. Entre elas, implantação e regulamentação das licenças-prêmio, licenças remuneradas visando o incentivo para os servidores estudarem { pós graduação , mestrado e doutorado}, auxilio transporte ou auxilio de difícil acesso, concurso público para pedagogo,  criação da dobra de padrão para os professores e que ser estabeleça número máximo de alunos por sala de aula, e, ainda, a criação de portes escolares, com o objetivo de melhorar administração escolar.  Com a definição do porte da escola será definido a jornada do diretor, a quantidade de pedagogos, professores e secretário.  Também deverá ser pago uma gratificação para a equipe pedagógica. Outro item que proposto pela pauta única, a realização de concurso de remoção, regulamentação dos estagiários. Em fim, explicou o presidente, o documento é extenso e foi amplamente discutido.