Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Vereador pede providências para coibir acidentes na Rua Prefeito Thomazoni

23 de agosto de 2016. Essa foi a data do primeiro requerimento protocolado pelo vereador Rodrigo José Correia (PSC). De lá para cá outros dois já foram protocolados solicitando providências para que o risco de acidentes na Rua Prefeito Thomazoni, no bairro La Salle, diminua. Os requerimentos, direcionados ao Depatran (Departamento de trânsito de Pato Branco), tinham como objeto a solicitação para a colocação de um redutor de velocidade na rua, atendendo um pedido dos moradores do local. O último requerimento foi protocolado no dia 29 de maio deste ano. Nos dois primeiros, o Depatran respondeu que estudos estavam sendo feitos e se constatando a necessidade, o pedido entraria na fila de obras a serem executadas. O último requerimento ainda não foi respondido, mas nos faz imaginar qual será o seu desfecho. Em outras palavras, a entidade responsável pelo trânsito municipal vem realizando estudos desde agosto de 2016, ou seja, a quase um ano. Enquanto isso, os moradores padecem. “O problema é que os veículos vem em alta velocidade e acabam atropelando gatos, cachorros e danificando nossos automóveis”, contou o morador Carlos Correia. Carlos teve recentemente mais um carro danificado pela imprudência de “motoristas” que abusam da velocidade naquele trecho durante a madrugada. “A primeira vez que bateram no meu carro estacionado, tive um prejuízo de quase R$ 4 mil. Esse último acidente, há pouco tempo, não vai sair por um valor menor”, contou ele. Enquanto o poder público não toma atitudes para mudar esse cenário, o morador tira dinheiro do bolso para reparar prejuízos que não são de sua responsabilidade. “Já fizemos protesto, mas até agora nada. Deve ser porque na nossa rua não mora ninguém importante, só gente que paga imposto em dia”, afirmou indignado. De acordo com o vereador, mesmo não tendo respostas convincentes por parte do Depatran, os pedidos vão continuar. “Não é possível aguardar quieto e ver novos acidentes acontecerem. Se tiver que fazer 100 requerimentos, eu vou fazer. Se precisar mobilizar os moradores para uma manifestação pacífica, vamos fazer”, afirmou. Além do redutor de velocidade, segundo o vereador, os moradores pedem que uma calçada seja construída ao longo da rua, evitando que as pessoas tenham que andar pela rua. Além disso, outro pedido é para tornar a rua mão única, o que ajudaria a diminuir os acidentes na avaliação da população.