Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Ubiracy José Tesserolli

Vereador propõe Cras Itinerante para atender comunidade pato-branquense

Está tramitando nas comissões técnicas (permanentes) que têm a responsabilidade de exararem pareceres, o projeto Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Itinerante. Segundo o autor do projeto, vereador Fabrício Preis de Mello (PSD), a inciativa prevê a realização de  uma série de serviços gratuitos em locais alternados do município, por exemplo, em bairros da Zona Sul.

As ações podem Identificar as principais necessidades da população por meio de uma busca ativa, através de mapeamento das demandas de cada comunidade e seus moradores. Também leva aos bairros e comunidades rurais, a orientação, inclusão, atualização cadastral de serviços, programas e benefícios disponibilizados pelos governos municipal e federal, que visem promover a proteção social de indivíduos e famílias em situação de risco ou vulnerabilidade social.

O Cras Itinerante busca prevenir situações de risco por meio do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, bem como integração entre os profissionais e a população e, sempre que necessário, viabilizando o devido encaminhamento para serviços de outros setores.

“Trata-se de uma estratégia de enfrentamento à realidade socioterritorial (diagnóstico socioterritorial é um instrumental de grande relevância para subsidiar e fundamentar ações estratégicas na política de assistência social, de forma preventiva e proativa, em cada esfera de governo e demais processos de planejamento e avaliação), onde a dispersão de alguns grupos se torna empecilho para que os benefícios da assistência se efetivem enquanto realidade para estes”, afirma o Fabrício, na justifica de apresentação do projeto.

Dados

Segundo dados divulgados pelo IBGE, no ano de 2017, 52 milhões de brasileiros estão abaixo da linha da pobreza, cerca de um quarto da população no país vive com menos de US$ 5,50 (R$ 18,24) por dia, critério usado pelo Banco Mundial, dados estes alarmantes e preocupantes.

Ele cita, por exemplo, que Pato Branco é referência para outros municípios no que se refere à prestação de serviço assistencial, entretanto, é importante que novas políticas públicas sejam inseridas, a fim de fortalecer a atuação do município em prol dos menos favorecidos.