Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Vereador quer ouvir dirigentes de partidos, a sociedade, sobre eventual aumento de cadeiras

A Câmara de Pato Branco iniciou as atividades do segundo semestre legislativo nesta segunda-feira, 3, com a votação de dois projetos de lei. Um deles autoriza o Executivo abrir crédito especial no valor de R$ 65 mil. Em votação única, aprovada a Moção de Aplauso a ser concedida a Neri França Fornari Bocchese e Elisabeth Maria Chemim Bodanese, pelo lançamento do livro “Presença Franciscana em Terras Brasileiras”, durante a comemoração dos 50 anos da Matriz São Pedro Apóstolo.***Revisão***O vereador Claudemir Zanco, Biruba (PROS), comentou durante a sessão ordinária, o teor do documento apresentado à Mesa Diretora. No documento, ele pede o envio de ofício aos presidentes das executivas dos partidos políticos e com atuação em Pato Branco, para que se manifestem sobre um eventual aumento do número de cadeiras no Legislativo, com validade para a próxima legislatura. Biruba defendeu que o assunto deve ser debatido com a comunidade, a cidade está crescendo, chegando a quase 100 mil habitantes. Pela legislação, pela lei, a Câmara Pato Branco poderia contar com aproximadamente 17 vereadores, mas se o índice populacional ultrapassar a 80 mil habitantes. “Quem elege o agente político é o eleitor, mas quem é o dono do mandato, do cargo, é o partido”, destacou o vereador, por isso solicitou à Presidência do Legislativo que oficie os dirigentes de partidos para que se manifestem sobre a ampliação ou não do número de cadeiras. A sociedade também será chamada a ser manifestar. “Tudo deve ser feito antes do mês de outubro”, lembrou Biruba.O líder também recordou um acordo formalizado no passado {em 2010}, o qual prevê a elevação de novas cadeiras. Citou, por exemplo, quando Francisco Beltrão fixou em 15 cadeiras, a cidade de Pato Branco fixou 11 vereadores. “Pato Branco precisa criar, gerar novas lideranças”, afirmou.