Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Admin

Vereador questiona desistência do município

O vereador Guilherme Silverio (PMDB) comentou a desistência do município de Pato Branco em sediar os 51º Jogos Aberto do Paraná (JAP´s), durante a última sessão da Câmara Municipal de Pato Branco, realizada na última quinta-feira (06). A escolha de Pato Branco aconteceu em virtude da desistência de Guarapuava em sediar a competição em 2008. Para Silverio, essa foi uma decisão unilateral do prefeito, Roberto Viganó (DPT). “Acredito que ele deveria ter chamado a sociedade para fazer uma parceria, faltou consultar e discutir com a população e entidades. Faltou conversar com a câmara, com os empresários, com o Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Sudoeste do Estado do Paraná, Fórum de Desenvolvimento, Associação Comercial e Empresarial de Pato Branco (ACEPB) e outras entidades que também querem o desenvolvimento do município”, disse.Segundo o vereador, os Jogos Abertos do Paraná reúnem mais de oito mil pessoas, entre atletas, árbitros, dirigentes, professores e meios de comunicação. “O Governo Estadual oferece para a realização dos jogos a alimentação das equipes e funcionários, a despesa com arbitragem e outros profissionais, material esportivo, premiação, entre outras despesas. Além disso, uma equipe técnica da Secretaria de Estado da Educação (SEED) faz uma visita para o município sede com objetivo de avaliar os locais onde serão realizadas as competições. Com base nesse trabalho, havendo a necessidade, são feitas melhorias na estrutura, inclusive alojamentos. Para isso, o município também recebe recursos do Governo do Estado”, informou.Silvério relatou que Pato Branco se candidatou para sediar os JAP´s em 2008, porém a cidade escolhida foi Guarapuava. No dia 29 de novembro, o município recebeu um ofício da Paraná Esportes informando que, em virtude da desistência do município de Guarapuava, Pato Branco foi escolhida para sediar os 51º JAP’s que serão realizados de 19 a 27 de setembro de 2008.“Nesta semana, o prefeito encaminhou ofício para o presidente da Paraná Esporte, Ricardo Gomyde, informando que não há mais interesse do município em sediar a fase final dos JAP´s, assim como a fase regional. A justificativa apresentada foi o redirecionamento das políticas desportivas do município para outras áreas; o calendário das atividades esportivas, que já está definido; e por considerar que não existe tempo suficiente para a realização do evento”, citou.Ainda na quinta-feira passada, o prefeito Roberto Viganó afirmou que irá repensar a decisão de não sediar os jogos. A posição final será tomada depois de reunião com o presidente da Paraná Esportes, que deve acontecer nesta semana em Curitiba.